Ninguém é substituível‏

19/04/2010

– Alguma pergunta? 
– Tenho sim.
-E Beethoven ?
– Como? – encara o gestor confuso.
– O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio…..
 
O funcionário fala então:
 
– Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.
 
Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo, continuam achando que os profissionais são peças dentro da “máquina” (organização) e que, quando sai um, é só encontrar outro para pôr no lugar.
 
Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert   Einstein? Picasso? Zico? etc…
 
Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja,   fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim   insubstituíveis.
 
Cada ser humano tem sua contribuição a dar e  seu talento direcionado para alguma coisa.
 
Está na hora de os líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus ‘erros/ deficiências’.
 
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico.
 
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas  sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.
 
Cabe aos líderes de uma organização mudar o olhar  sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro.
 
Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu  projeto.
 
Se o gerente/coordenador, ainda está focado em ‘melhorar as fraquezas’ de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de líder/ técnico que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E, na gestão dele, o mundo teria perdido todos esses talentos.
 
Seguindo esse raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos, não haveria montanhas, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados . . . apenas peças.
 
Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões ‘foi pra outras moradas’. Ao iniciar o  programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: “Estamos todos muito tristes com a ‘partida’ de nosso irmão Zacarias, e hoje, para substituí-lo, chamamos:…. Ninguém … pois nosso Zaca é insubstituível”.
 
Portanto, nunca esqueça: Você é um talento único. Com toda certeza ninguém substituirá você!
 
Sou um só, mas, ainda assim, sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa.  Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso.
 
No mundo sempre existirão pessoas que vão amar você pelo que você é  e outras que vão  odiá-lo pelo mesmo motivo. Acostume-se a isso e viva sempre com  muita paz de espírito. 
 
Minha opinião
Procure executar algo que tenha amor pela profissão, não seja escravo do trabalho.

Desenvolva seus talentos!!!!
 

Anúncios

Coisas que todos precisam saber a respeito de um cara da informática

04/03/2010

1) O CARA DA INFORMÁTICA dorme. Pode parecer mentira, mas o CARA DA INFORMÁTICA precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue só para o escritório;

2) O CARA DA INFORMÁTICA come. Parece inacreditável, mas é verdade. O CARA DA INFORMÁTICA também precisa se alimentar e tem hora para isso;

3) CARA DA INFORMÁTICA pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: Mesmo sendo um CARA DA INFORMÁTICA, a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em informática, impostos, formulários, concertos e demonstrações, manutenção, vírus e etc.;

4) CARA DA INFORMÁTICA, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro.
Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas o CARA DA INFORMÁTICA também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar… Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao CARA DA INFORMÁTICA;

5) Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um CARA DA INFORMÁTICA está concentrado num livro ou publicação especializada ele está se aprimorando como profissional, logo trabalhando;

6) De uma vez por todas, vale reforçar: O CARA DA INFORMÁTICA não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal, pois se você achou isto demita-o e contrate um PARANORMAL OU DETETIVE. Ele precisa planejar, se organizar e assim ter condições de fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são essenciais e não um luxo… Se você quer um milagre, ore bastante, faça jejum, e deixe o pobre do CARA DA INFORMÁTICA em paz;

7) Em reuniões de amigos ou festas de família, o CARA DA INFORMÁTICA deixa de ser o CARA DA INFORMÁTICA e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não peça conselhos, dicas… ele tem direito de se divertir;

8) Não existe apenas um “levantamentozinho” , uma “pesquisazinha” , nem um “resuminho”, um “programinha pra controlar minha loja”, um “probleminha que a maquina não liga”, um “sisteminha” , uma “passadinha rápida(ALIAS CONTA-SE DE ONDE SAÍMOS E ATÉ CHEGARMOS)”, pois esqueça os “inha e os inho (programinha, sisteminha, olhadinha, )” pois OS CARAS DA INFORMATICA não resolvem este tipo de problema. Levantamentos, pesquisas e resumos são frutos de análises cuidadosas e requerem atenção, dedicação. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para
tornar a vida do CARA DA INFORMÁTICA mais suportável;

9) Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue, apenas, quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o CARA DA INFORMÁTICA pode estar fazendo algumas coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo;

10) Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o CARA DA INFORMÁTICA trabalhar mais rápido. Solicite, depois aguarde o prazo dado pelo CARA DA INFORMÁTICA;

11) Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 12h, não significa que você pode ligar às 11:58 horas. Se você pretendia cometer essa gafe, vá e ligue após o horário do almoço (relembre o item 2). O mesmo vale para a parte da tarde: ligue no dia seguinte;

12) Quando CARA DA INFORMÁTICA estiver apresentando um projeto, por favor, não fique bombardeando com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência.
ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projeto, tipo como…. vocês entendem é claro….;

13) O CARA DA INFORMÁTICA não inventa problemas, não muda versão de WINDOWS, não tem relação com vírus, NÃO É CULPADO PELO MAL USO DE EQUIPAMENTOS, INTERNET E AFINS. Não reclame! O CARA DA INFORMÁTICA com certeza fez o possível para você pagar menos. Se quer EMENDAR, EMENDE, mas antes demita o CARA DA INFORMÁTICA e contrate um QUEBRA GALHO;

14) Os CARAS DA INFORMÁTICA não são os criadores dos ditados “o barato sai caro” e “quem paga mal paga em dobro”. Mas eles concordam… ;

15) E, finalmente, o CARA DA INFORMÁTICA também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou…

16) Agora, depois de aprender sobre O CARA DA INFORMÁTICA, repasse aos seus amigos,afinal, essas verdades precisam chegar a todos. O CARA DA INFORMÁTICA agradece.

Minha opinião

Apesar de fazer parte da equipe de ti, muitas pessoas pensam que esses profissionais não tem vida social e esta engraçado porém verídico e-mail diz o contrário.

Lembrem-se somos seres humanos realistas e bem realistas, o barato sai caro.


Concursos previstos para o ano de 2010

13/02/2010

Fonte: Concursos no Brasil

Pra você que sonha com uma carreira pública, confira lista de concursos previstos para o ano de 2010.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)
207 vagas para técnico administrativo (nível médio), analista administrativo e especialista em regulação e vigilância sanitária (nível superior)
Salários: de R$ 4 mil a R$ 8,3 mil

Arquivo Público do Estado de São Paulo
60 vagas para executivo público (nível superior)
Salário: R$ 2,2 mil

Banco do Brasil
Formação de cadastro de reserva para escriturário (nível médio) nos estados de Mato Grosso, Tocantins, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e interior de São Paulo.
Salário: R$ 1.416, mais R$ 371,36 de ajuda alimentação e R$ 239,36 de cesta alimentação

Cobra Tecnologia (empresa integrante do Banco do Brasil)
1.256 vagas imediatas e 5.224 vagas para formação de cadastro (níveis fundamental, médio e superior)
Salários: não foram informados
Matéria relacionada: Publicado edital para o concurso Cobra Tecnologia

Comissão Nacional de Energia Nuclear
36 vagas para pesquisador (nível superior)
66 vagas para tecnologista (nível superior)
55 vagas para técnico (nível médio)
13 vagas para analista em ciência e tecnologia (nível superior)
33 vagas para assistente em ciência e tecnologia (nível médio)
Salários:
R$ 5,1 mil para pesquisador
R$ 4.549,63 para tecnologista e analista
R$ 2.504,68 para técnico e para assistente em ciência e tecnologia
Organizadora: Fundação Conesul

Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
90 vagas de analista (nível superior)
20 vagas de inspetor (nível superior)
55 vagas para agente executivo (nível médio)
Salários:
R$ 4.490,42 (nível médio)
R$ 10 mil (nível superior)

Defensoria Pública da União (DPU)
134 vagas para defensor (nível superior em direito)
70 vagas para agente administrativo (nível médio)
88 vagas para analista técnico administrativo (nível superior)
10 vagas para arquivista (nível superior)
20 vagas para assistente social (nível superior)
10 vagas para bibliotecário (nível superior)
18 vagas para contador (nível superior)
20 vagas para economista (nível superior)
5 vagas para psicólogo (nível superior)
20 vagas para sociólogo (nível superior)
30 vagas para técnico em assuntos educacionais (nível superior)
20 vagas para técnico em comunicação social (nível superior)
Salários:
R$ 2,3 mil (nível médio)
R$ 3,5 mil (nível superior)
R$ 14 mil (defensor)

Detran do Distrito Federal
100 vagas de agente de trânsito
Nível superior
Salário: não informado

Exército
248 vagas para técnico de tecnologia militar (nível médio)
43 para analista de tecnologia militar (nível superior)
30 vagas para engenheiro de tecnologia militar (nível superior)
Salários: não informados

Fundação de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco
1,4 mil vagas para agentes socioeducativos, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos e advogados (nível médio e superior)
Salários: não informados

Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho(Fundacentro)
28 vagas para técnico (nível médio)
8 vagas para assistente em ciência e tecnologia (nível médio)
1 vaga para pesquisador (nível superior)
15 vagas para tecnologista (nível superior)
11 vagas para analista em ciência e tecnologia (nível superior)
Salários: não informados

Fundação Nacional do Índio (Funai)
200 vagas para indigenista especializado (nível superior)
150 vagas para agente em indigenismo (nível médio)
75 vagas para auxiliar em indigenismo (nível fundamental)
Salários: de R$ 1,6 mil a R$ 2,5 mil
Organizadora: Instituto Cetro

Fundação Nacional de Saúde (Funasa)
38 vagas para médicos (nível superior)
233 vagas distribuídas aos cargos de enfermagem, odontologia, nutrição, epidemiologia, antropologia, saúde pública, estatística, assistência social, biologia, farmácia, medicina veterinária, pedagogia e psicologia (nível superior)169 vagas distribuídas nos cargos de administração, ciências contábeis e economia (nível superior)36 vagas para técnico em contabilidade (nível médio)
326 vagas para a área de suporte operacional (nível médio)
Salários: não informados
Organizadora: Fundação Dom Cintra
Leia notícia no link abaixo:
Concurso Funasa Edital

Fundação Osvaldo Cruz
120 vagas para assistente técnico (nível médio)
366 vagas para técnico em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde (nível médio)
402 vagas para analista (nível superior)
675 vagas para tecnologista (nível superior)
250 vagas para pesquisador (nível superior)
150 vagas para especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde (nível superior)
Salários: de R$ 1,7 mil a R$ 14,3 mil

Governo do Distrito Federal
50 vagas de auditor fiscal (nível superior)
Salário: R$ 14.729,69

Governo Federal
2,4 mil vagas de analista técnico de políticas sociais (nível superior)
Salários: de R$ 2.906,66 a R$ 5.151

Guarda Civil Metropolitana de São Paulo
725 vagas de guarda civil metropolitano de 3ª classe (nível médio)
Salário: R$ 855

Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo
326 vagas de nível médio, técnico e superior
Salários: de R$ 777,50 a R$ 2.889,19
Organizadora: Instituto Cetro

Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (Iamspe)
150 vagas para enfermeiro (nível superior)
80 vagas para fisioterapeuta (nível superior)
10 vagas para fonoaudiólogo (nível superior)
4 vagas para psicólogo (nível superior)
3 vagas para físico (nível superior)
2 vagas para histoquímico (nível superior)
250 vagas para técnico de enfermagem (nível técnico)
8 vagas para técnico de laboratório (nível técnico)
Salários:
R$ 1.018,08 para técnico de laboratório
R$ 1.091,52 para técnico de enfermagem
R$ 1.601,96 para psicólogo, histoquímico, fonoaudiólogo e físico
R$ 2.001,96 para fisioterapeuta
R$ 2.180,82 para enfermeiro

Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo
129 vagas para técnico de nível superior (R$ 2,6 mil)
304 vagas para agente socioeducativo (nível médio) (R$ 1,6 mil)
8 vagas para assistente administrativo (nível médio) (R$ 988)
Salários:
R$ 2,6 mil para técnico de nível superior
R$ 1,6 mil para agente socioeducativo
R$ 988 para assistente administrativo

Instituto Brasileiro de Colonização e Reforma Agrária (Incra)
70 vagas para técnico em reforma e desenvolvimento agrário (nível médio)
250 vagas para analista em reforma e desenvolvimento agrário (nível superior)
150 vagas para analista administrativo (nível superior)
80 vagas para engenheiro agrônomo (nível superior)
Salários: não informados

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
200 mil vagas para recenseador (nível fundamental)
Salário: pago por produção
Organizadora: Fundação Cesgranrio

Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)
50 vagas para assistente técnico I (nível médio)
90 vagas para analista I (nível superior)
115 vagas para técnico em assuntos culturais (nível superior)
39 vagas para técnico em assuntos educacionais (nível superior)

Salários: não informados

Instituto Evandro Chagas e Centro Nacional de Primatas
61 vagas para pesquisador em saúde pública (nível superior)
21 vagas para tecnologista em pesquisa e investigação biomédica (nível superior)
45 vagas para analista de gestão em pesquisa e investigação biomédica (nível superior)
5 vagas para especialista em pesquisa e investigação biomédica em saúde pública (nível superior)
145 vagas para técnico em pesquisa e investigação biomédica (nível médio)
115 vagas para assistente técnico de gestão em pesquisa e investigação biomédica (nível médio)
Salários: não informados

Instituto Nacional do Seguro Social
500 vagas para perito médico previdenciário (nível superior)
Salário: R$ 4,1 mil

Ministério da Cultura
226 vagas para agente administrativo (nível médio)
27 para analista administrativo (nível superior)
Salários:
R$ 2.643,28 para nível superior
R$ 2.067,30 para nível médio

Ministério Público do Estado de São Paulo
900 vagas para assistente jurídico (nível superior em direito)
Salário: cerca de R$ 3,7 mil

Ministério dos Transportes
70 vagas para agente administrativo (nível médio)
100 vagas para analista técnico-administrativo (nível superior)
Salários:
Cerca de R$ 2,5 mil para nível superior
Cerca de R$ 1,9 mil para nível médio

Polícia Civil de São Paulo
217 vagas para agente de telecomunicações (nível médio)
60 vagas para delegado (nível superior em direito)
Salários:
R$ 4,2 mil para delegado
R$ 2,3 mil para agente de telecomunicações

Polícia Federal
2 mil vagas de técnico administrativo (nível médio)
1 mil de analista técnico administrativo (nível superior)
Salários:
Técnico administrativo: R$ 1,7 mil
Analista técnico administrativo: R$ 2,8 mil

Polícia Militar do Espírito Santo
650 vagas de soldado (nível médio)
Salário: até R$ 1.9 mil

Polícia Militar de São Paulo
250 vagas para soldado feminino (nível médio)
Salário: R$ 2 mil

Polícia Rodoviária Federal
Pelo menos 2 mil vagas para agente administrativo (nível médio)
Salário: R$ 2,5 mil

Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo
124 vagas para analista administrativo (nível superior)
22 vagas para psicólogo (nível superior)
405 vagas para oficial administrativo (nível médio)
Salários: não informados

Secretaria de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo
125 vagas de analista em planejamento, orçamento e finanças públicas (nível superior)
Salários: de R$ 3,8 mil a R$ 8.063,53

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
90.083 vagas para professores de educação básica, para jornada de 12 horas, 24 horas, 30 horas e 40 horas semanais (nível superior)
Salários:
Professores de educação básica (12 horas): R$ 454,66

Professores de educação básica (24 horas): R$ 909,32
Professores de educação básica (30 horas): R$ 1.136,65

Professores de educação básica (40 horas): R$ 1.515,53

Secretaria da Fazenda do Estado do Rio de Janeiro
Vagas para fiscal de rendas (nível superior)
Salário: R$ 10 mil

Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo
316 vagas para analista em planejamento, orçamento e finanças públicas (nível superior)
Salário: R$ 3,8 mil

Secretaria Municipal de São Paulo (vagas para o Serviço Móvel de Urgência – Samu)
532 vagas para agente de apoio no setor de transporte e manutenção de automotores (nível fundamental)
Salário: R$ 440

Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo
34 vagas para arquiteto (nível superior)
550 vagas para assistente social (nível superior)
206 vagas para biologista (nível superior)
300 vagas para bioquímico (nível superior)
1.225 vagas para cirurgião dentista (nível superior)
3.241 vagas para enfermeiro (nível superior)
130 vagas para engenheiro (nível superior)
290 vagas para farmacêutico (nível superior)
480 vagas para fisioterapeuta (nível superior)
7 vagas para físico (nível superior)
250 vagas para fonoaudiólogo (nível superior)
10.315 vagas para médico (nível superior)
26 vagas para médico veterinário (nível superior)
209 vagas para nutricionista (nível superior)
580 vagas para psicólogo (nível superior)
371 vagas para terapeuta ocupacional (nível superior)
38 vagas para técnico de reabilitação física (nível superior)
214 vagas para agente de saúde (nível médio)
186 vagas para agente técnico de saúde (nível médio)
16.221 vagas para auxiliar de enfermagem (nível médio)
1.368 vagas para auxiliar técnico de saúde (nível médio)
5.941 vagas para oficial de atendimento de saúde (nível médio)
34 vagas para operador de equipamento hospitalar (nível médio)
30 vagas para técnico de aparelho de precisão (nível médio)
600 vagas para técnico de laboratório (nível médio)
583 vagas para técnico de radiologia (nível médio)
789 vagas para atendente de consultório dentário (nível fundamental)
490 vagas para auxiliar de laboratório (nível fundamental)
142 vagas para auxiliar de radiologia (nível fundamental)
11.743 vagas para auxiliar de serviços de saúde (nível fundamental)
Salários: não informados

Superintendência de Seguros Privados (Susep)
138 vagas para analista técnico (nível superior)
Salário: R$ 12.413,65

Supremo Tribunal Federal (STF)
Vagas e formação de cadastro de reserva para analista judiciário (nível superior)
Salário: R$ 5,5 mil
Organizadora: Cespe/UnB

Tribunal de Justiça de Roraima
11 vagas para analista de sistemas (nível superior)
1 vaga para arquiteto (nível superior)
3 vagas para assistente social (nível superior)
1 vaga para engenheiro civil (nível superior)
1 vaga para engenheiro elétrico (nível superior)
3 vagas para médico (nível superior)
2 vagas para oficial de Justiça (nível superior)
2 vagas para pedagogo (nível superior)
2 vagas para psicólogo (nível superior)
14 vagas para técnico em informática (nível médio)
5 vagas para agente de acompanhamento (nível médio)
Salários:
R$ 2.095,25 (nível médio)
R$ 4.190,40 (nível superior)

Tribunal de Justiça de São Paulo
336 vagas para escrevente técnico judiciário (nível médio)
Salário: R$ 2.760,93

Minha opinião

O sonho de muito brasileiro é amarrar seu burrinho na sombra sendo funcionário público que na visão da grande maioria isso significa estabilidade financeira.

Sou totalmente favorável a estes concursos, mas não aceito preenchimento de reservas, concursos devem sem criados para vagas em aberto. Assim o processo de inicio dos aprovados diminuiria consideravelmente já que temos casos de espera de até 3 anos para o início de sua nova carreira.


Um Meio ou Uma Desculpa

28/01/2010

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem, mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois…
Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO…
Quem não quer fazer nada, encontra uma Desculpa!


Doutores da Alegria abrem seleção para programa de formação de palhaços

23/11/2009

Estão abertas as inscrições para a quarta turma do Programa de Formação de Palhaço para Jovens, dos Doutores da Alegria. O programa inclui disciplinas como Palhaço, Técnicas Circenses, Expressão Corporal, Cultura Popular, Música, Improviso, Jogo Cênico, Máscaras Teatrais, Elaboração de Projetos Culturais/ Sustentabilidade, entre outras.

Podem se inscrever pessoas entre 17 e 23 anos, que tenham: disponibilidade de horário (09h às 13h), renda familiar de até 3 salários mínimos, ensino fundamental completo ou matrícula na rede pública de ensino. Caso não tenha concluído o ensino médio, o aluno deverá retomar os estudos.

O curso tem duração de dois anos e acontecerá no centro da cidade São Paulo (SP). Os selecionados terão ajuda de custo para transporte.

Os interessados devem enviar currículo com carta de interesse até o dia 23 de janeiro de 2010 para a Rua Alves Guimarães, 73 – Pinheiros, São Paulo (SP) – CEP: 05410-000. O material enviado fora do prazo será desconsiderado.

O currículo deve conter: idade, renda familiar, cursos ou trabalhos anteriores, habilidades artísticas (canta? Dança? Já fez teatro? Circo?). Na carta de interesse, responder: por que você quer participar desta formação?

Mais informações pelo telefone (11) 3061-5523 ou e-mail fpj@doutoresdaalegria.org.br.

Minha opinião

Você que gosta de ajudar o próximo e deseja passar alegria aos necessitados ou até mesmo seguir a carreira de palhaços cantando, dançando e fazendo brincadeiras, mande seu currículo para o e-mail informado e vire um doutor da alegria.

Boa sorte.


Sindicalistas prometem greve se jornada de trabalho não for reduzida

19/11/2009

Fonte: Agência Brasil – Em Brasília

Sindicalistas prometem uma série de greves e paralisações a partir de 15 de janeiro se a Câmara não votar o projeto que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais. O projeto está pronto para votação em plenário e ainda não foi apreciado por falta de acordo com deputados representantes do empresariado, que são contrários à redução.

Trabalhadores e empresários se reuniram com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), para tentar um acordo. De consenso, apenas a garantia de que não há tempo para a votação este ano – os projetos do pré-sal e o Orçamento devem ocupar a agenda de votações até o recesso no fim do ano.

Em busca de um acordo, Temer criou uma comissão para discutir o assunto. Uma das propostas que poderá ser debatida é a que reduz a jornada aos poucos, até chegar ás 40 horas semanais.

“Quem senta à mesa, se dispõe a dialogar, admite que se pode construir um marco de entendimento. Ainda há distância entre as posições, mas dá para dialogar”, disse o Armando Monteiro presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Minha opinião

Este assunto deve ser muito discutido, se baseando minha vida cotidiana de segunda a sexta é uma correria.

Pensando ao lado empresarial, pode gerar mais gasto com funcionários, já para a população gera-se mais trabalhos.

Com a correria que vive no dia dia aqui em São Paulo, 2 horas e 30 minutos gastos do trajeto casa ao trabalho (Ida e volta), mais 9 horas trabalhadas (com 1 hora de almoço) e 4 horas para os estudos, nos restam aproximadamente 7 horas para conviver com minha família e descansar dormindo.

Acredito que seja possível estudarmos as idéias e adaptar com novos horários de trabalho trazendo mais qualidade de vida ao funcionário, quanto aos empresários reduzindo a hora de trabalho seja a hora de uma nova reeducação com já é com os horários bancários.


Petrobras cria uma profissão que paga mais de 1 milhão por ano e não é divulgada?

14/11/2009

Se você pensou em Jogador de Futebol, Modelo, Traficante, Governante ou ganhadores de Reality Show, pode até ser, mas neste caso me refiro a estes 6 apenas 6 que vão dividir o bolão de mais de 8 milhões de reais somente em um ano. Pessoas já empregadas com belos salários que não são os empresários consagrados aqui no Brasil, mas sim administradores de dinheiro público como Ministram a Casa Civil, Fazenda, Secretária de Segurança do Estado, Economista e General do Exercito.

Leiam para entender quais são os motivos que eles se matam pelo controle das estatais, e estão doidos para re-estatizar a Vale do Rio Doce.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA PETRÓLEO BRASILEIRO SA. – PETROBRAS, REALIZADA EM 8 DE ABRIL DE 2009

(Lavrada sob a forma de sumário, conforme facultado pelo parágrafo primeiro do artigo 130 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976).

DIA, HORA E LOCAL:

Assembleia realizada às 15 horas do dia 8 de abril de 2009, na sede social, na cidade do Rio de Janeiro, RJ, na Avenida República do Chile, nº 65.

Item IV: Foram reeleitos como membros do Conselho de Administração da Companhia, na forma do voto da União, com mandato de 1 (um) ano, permitida a reeleição, a Senhora Dilma Vana Rousseff, brasileira, natural da cidade de Belo Horizonte (MG), divorciada, economista, com domicílio na Casa Civil da Presidência da República – Praça dos Três Poderes – Palácio do Planalto – 4º andar – salas 57 e 58, Brasília (DF), CEP: 70150-900, portadora da carteira de identidade nº 9017158222, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul – SSP/RS, e do CIC/CPF nº 133267246-91 e os Senhores Guido Mantega, brasileiro, natural de Gênova, Itália, casado, economista, com domicílio no Ministério da Fazenda – Esplanada dos Ministérios – Bloco P – 5º andar – Brasília (DF), CEP: 70048-900 portador da carteira de identidade nº 4135647-0, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo – SSP/SP, e do CIC/CPF nº 676840768-68; Silas Rondeau Cavalcante Silva, brasileiro, natural da cidade de Barra da Corda (MA), casado, engenheiro, com domicílio na S..A.U.S. – quadra 3 – lote 2 – Bloco C – Ed. Business Point – salas 308/309, Brasília (DF), CEP: 70070-934, portador da carteira de identidade nº 2040478, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de Pernambuco – SSP/PE, e do CIC/CPF nº 044.004.963-68; José Sergio Gabrielli de Azevedo, brasileiro, natural da cidade de Salvador (BA), divorciado, economista, com domicílio na Av. República do Chile, 65, 23º andar – Rio de Janeiro (RJ), CEP: 20031-912, portador da carteira de identidade nº 00693342-42, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia – SSP/BA, e do CIC/CPF nº 042750395-72; Francisco Roberto de Albuquerque, brasileiro, natural da cidade de São Paulo, casado, General de Exército Reformado, com domicílio na Alameda Carolina nº 594, Itu (SP), CEP: 13306-410, portador da carteira de identidade nº 022954940-7, expedida pelo Ministério do Exército e do CIC/CPF nº 351786808-63; e Luciano Galvão Coutinho, brasileiro, natural da cidade de Recife (PE), divorciado, economista, com domicílio na Av. República do Chile nº 100, 19º andar, Rio de Janeiro (RJ), CEP 20031-917, portador da carteira de identidade nº 8925795, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo – SSP/SP, e do CIC/CPF nº 636831808-20.

Item VII: Pelo voto da maioria dos acionistas presentes, em conformidade com o voto da representante da União, foi aprovada a fixação da remuneração global a ser paga aos administradores da Petrobras em R$ 8.266.600,00 (oito milhões, duzentos e sessenta e seis mil e seiscentos reais), no período compreendido entre abril de 2009 e março de 2010, aí incluídos: honorários mensais, gratificação de férias, gratificação natalina (13º salário), participação nos lucros e resultados; passagens aéreas, previdência privada complementar, e auxílio moradia, nos termos do Decreto nº 3.255, de 19.11.1999, mantendo-se os honorários no mesmo valor nominal praticado no mês precedente à AGO de 2009, vedado expressamente o repasse aos respectivos honorários de quaisquer benefícios que, eventualmente, vierem a ser concedidos aos empregados da empresa, por ocasião da formalização do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT na sua respectiva data-base de 2009;

Minha opinião

Engraçado este nosso país, eu sou doido para trabalhar ao governo, já comecei a estudar para os futuros concursos que estarão por vir no ano de 2010. Como a concorrência é grande e cada ano temos muitos mais candidatos e concorrentes com altas taxas de inscrição e demora em sermos chamados isto é quando somos chamados após aprovação, leio esta ata dizendo que MEIA DÚZIA, será beneficiado com mais de 1 milhão de reais de salário paralelo por já ser um funcionário do governo e ter conquistado o tal cargo por um esquema interno, ai você pede explicações eles nos respondem que tudo isso não passa de “perseguição política para desestabilizar o governo”.

Cadê o concurso público que é feito a toda população brasileira, haja pré-sal ou podemos dizer que isso sim é parecido ao programa fome zero, o resto é choro de povo pobre, lembre-se desta frase, Brasil um país de todos para impostos.

Se você não esta acreditando, acha que é boato? Acesse o link e veja a integra da ata

http://www2.petrobras.com.br/ri/port/InformacoesAcionistas/pdf/ATA_AGO_08abr09_port.pdf

“O pior analfabeto é o analfabeto político.
Ele não ouve, não fala, não participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
O
analfabeto político é tão burro, que se orgulha e estufa o peito, dizendo que odeia a política.
Não sabe o imbecil, que de sua ignorância nasce a prostituta, o menor abandonado, o assaltante e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e o explorador das empresas nacionais e multinacionais”.

BERTOLT BRECHT