Apito de Mestre Bateria Show de Escola de Samba Show com Mulatas, Passistas e Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira

19/04/2010

Contrate uma empresa especializada em Abrilhantar, Exaltar e Animar Aniversários, Bodas, Casamentos, Convenções, Eventos, Feiras, Festas, Formaturas, Workshop, Reiveillon, Confraternização de Fim de Ano e Corridas de Rua.

Apito de Mestre Bateria de Escola de Samba Show, show de Mulatas e Passista Masculino, Intérprete, Pandeirista, Mestre de Bateria, Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira.

Visite nosso site www.sambashowapitodemestre.com.br e monte uma bateria para seu evento com os instrumentos de percussão Agogô, Caixa, Cuíca, Chocalho (Ganzá), Pandeiro, Repinique, Surdo e Tamborim.

Monte seu orçamento através do site, e-mail Contato@apitodemestre.com.br ou solicite por telefone 11 2872-5738 uma visita de nossos representantes.

Sua festa será inesquecível.

Anúncios

Ninguém é substituível‏

19/04/2010

– Alguma pergunta? 
– Tenho sim.
-E Beethoven ?
– Como? – encara o gestor confuso.
– O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio…..
 
O funcionário fala então:
 
– Ouvi essa estória esses dias contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso.
 
Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo, continuam achando que os profissionais são peças dentro da “máquina” (organização) e que, quando sai um, é só encontrar outro para pôr no lugar.
 
Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert   Einstein? Picasso? Zico? etc…
 
Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja,   fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim   insubstituíveis.
 
Cada ser humano tem sua contribuição a dar e  seu talento direcionado para alguma coisa.
 
Está na hora de os líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus ‘erros/ deficiências’.
 
Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico.
 
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas  sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.
 
Cabe aos líderes de uma organização mudar o olhar  sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro.
 
Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu  projeto.
 
Se o gerente/coordenador, ainda está focado em ‘melhorar as fraquezas’ de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de líder/ técnico que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E, na gestão dele, o mundo teria perdido todos esses talentos.
 
Seguindo esse raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos, não haveria montanhas, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados . . . apenas peças.
 
Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões ‘foi pra outras moradas’. Ao iniciar o  programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: “Estamos todos muito tristes com a ‘partida’ de nosso irmão Zacarias, e hoje, para substituí-lo, chamamos:…. Ninguém … pois nosso Zaca é insubstituível”.
 
Portanto, nunca esqueça: Você é um talento único. Com toda certeza ninguém substituirá você!
 
Sou um só, mas, ainda assim, sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa.  Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso.
 
No mundo sempre existirão pessoas que vão amar você pelo que você é  e outras que vão  odiá-lo pelo mesmo motivo. Acostume-se a isso e viva sempre com  muita paz de espírito. 
 
Minha opinião
Procure executar algo que tenha amor pela profissão, não seja escravo do trabalho.

Desenvolva seus talentos!!!!
 


Nunca é tarde para começar

19/04/2010


Jogos da Cidade de São Paulo 2010

15/04/2010
A maior competição esportiva amadora do país e uma das maiores do mundo.
As 31 subprefeituras de São Paulo mantêm-se unidas e empenhadas durante o ano todo na disputa de várias modalidades esportivas e também de festivais, sempre em busca da posição de campeã municipal, um título que, na realidade, representa muito mais do que a soberania esportiva: demonstra a capacidade de trabalho em equipe, o espírito de união por um ideal e a determinação das comunidades locais em busca da vitória, fatores indispensáveis, especialmente na prática esportiva.
Maiores informações sobre tabelas e locais de jogos, acessem o site da prefeitura.
Minha Opinião
A cada ano este vendo vem sendo melhor elaborado, e todos inscritos espera uma excelente competição, principalmente por parte dos árbitros. Na edição de 2009 a indíce técnico estava fraco.
A todos uma boa sorte.

Corpo de Bombeiros garante que buscas no morro do Bumba vão continuar enquanto houver desaparecidos

14/04/2010

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/04/14/brasil,i=186153/CORPO+DE+BOMBEIROS+GARANTE+QUE+BUSCAS+NO+MORRO+DO+BUMBA+VAO+CONTINUAR+ENQUANTO+HOUVER+DESAPARECIDOS.shtml

O assessor de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros do Rio de janeiro, tenente-coronel Alexandre Rocha, informou, nesta quarta (14), que as buscas no morro do Bumba, em Niterói, vão prosseguir enquanto os familiares estiverem a procura de desaparecidos.

Bombeiros informaram também que 40% da terra e do lixo, no morro do Bumba, em Niterói, já foram vasculhados e removidos. Nessa área, 44 corpos foram encontrados nos escombros.

A Defesa Civil reafirmou que deve demolir casas que comprometem o trabalho dos bombeiros. Estima-se que 1 milhão de toneladas de entulho seja retirado do local, o equivalente a 100 mil viagens de caminhão basculante.

Segundo o tenente-coronel Alexandre Rocha, ainda há grande quantidade de entulho e mau cheiro causado pelo chorume, substância produzida pelo lixo, altamente tóxica e corrosiva, o que prejudica o trabalho dos bombeiros.


Um efetivo de 150 bombeiros trabalha com a esperança de encontrar mais pessoas soterradas no morro do Bumba, onde 44 pessoas já morreram em razão dos deslizamentos. Em todo o estado do Rio, o número de mortos já chega a 251, sendo 165 em Niterói.

Minha opinião

Aos moradores do morro do bumba primeiramente meus pesamos, que todos descansem em paz.

Esta realidade precisa ser mudada, nenhuma família merece este tipo de moradia. O governo faz muita vista grossa sobre esta situação, por que muitas casas construídas em locais “irregulares” pagam impostos. Ai digo e afirmo que o culpado é o governo. Porque não deve arrecadar verbas de residências nestas condições, deve-se ajudar a aquisição de seu imóvel.

Outro ponto muito vago é o plano minha casa minha vida, antes do governo lançar o programa uma casa localizada em uma região central você conseguia comprar uma casa de 2 quartos, sala, cozinha, banheiro e uma vaga de automóvel por R$ 120.000,00 há 160.000,00 hoje você não encontra apartamento nesta faixa.

Então não venham com a mesma estória da carrocinha, dizendo choveu demais.


Relato de um Doutorando. A situaçao de Roraima

14/04/2010

REPASSO com a certeza que devemos fazer isso.

Fonte: E-mail

Segue abaixo o relato de uma pessoa conhecida e séria, que passou recentemente em um concurso público federal e foi trabalhar em Roraima. Trata- se de um Brasil que a gente não conhece.

As duas semanas em Manaus foram interessantes para conhecer um Brasil um pouco diferente, mas chegando em Boa Vista (RR) não pude resistir a fazer um relato das coisas que tenho visto e escutado por aqui.

Conversei com algumas pessoas nesses três dias, desde engenheiros até pessoas com um mínimo de instrução.

Para começar, o mais difícil de encontrar por aqui é roraimense. Pra falar a verdade, acho que a proporção de um roraimense para cada 10 pessoas é bem razoável, tem gaúcho, carioca, cearense, amazonense, piauiense, maranhense e por aí vai. Portanto, falta uma identidade com a terra.

Aqui não existem muitos meios de sobrevivência, ou a pessoa é funcionária pública, (e aqui quase todo mundo é, pois em Boa Vista se concentram todos os órgãos federais e estaduais de Roraima, além da prefeitura é claro) ou a pessoa trabalha no comércio local ou recebe ajuda de Programas do governo.

Não existe indústria de qualquer tipo. Pouco mais de 70% do território roraimense é demarcado como reserva indígena, portanto restam apenas 30%, descontando- se os rios e as terras improdutivas que são muitas, para se cultivar a terra ou para a localização das próprias cidades.

Na única rodovia que existe em direção ao Brasil (liga Boa Vista a Manaus, cerca de 800 km ) existe um trecho de aproximadamente 200 km reserva indígena (Waimiri Atroari) por onde você só passa entre 6:00 da manhã e 6:00 da tarde, nas outras 12 horas a rodovia é fechada pelos índios (com autorização da FUNAI e dos americanos) para que os mesmos não sejam incomodados.

Detalhe: Você não passa se for brasileiro, o acesso é livre aos americanos, europeus e japoneses. Desses 70% de território indígena, diria que em 90% dele ninguém entra sem uma grande burocracia e autorização da FUNAI.

Outro detalhe: americanos entram à hora que quiserem. Se você não tem uma autorização da FUNAI, mas tem dos americanos então vocês pode entrar. A maioria dos índios fala a língua nativa além do inglês ou francês, mas a maioria não sabe falar português. Dizem que é comum na entrada de algumas reservas encontrarem-se hasteadas bandeiras americanas ou inglesas. É comum se encontrar por aqui americano tipo nerd com cara de quem não quer nada, que veio caçar borboleta e joaninha e catalogá-las, mas no final das contas, pasme, se você quiser montar uma empresa para exportar plantas e frutas típicas como cupuaçu, açaí, camu-camu etc., medicinais ou componentes naturais para fabricação de remédios, pode se preparar para pagar ‘royalties’ para empresas japonesas e americanas que já patentearam a maioria dos produtos típicos da Amazônia…

Por três vezes repeti a seguinte frase após ouvir tais relatos: Os americanos vão acabar tomando a Amazônia. E em todas elas ouvi a mesma resposta em palavras diferentes. Vou reproduzir a resposta de uma senhora simples que vendia suco e água na rodovia próximo de Mucajaí:

‘Irão não minha filha, tu não sabe, mas tudo aqui já é deles, eles comandam tudo, você não entra em lugar nenhum porque eles não deixam. Quando acabar essa guerra aí eles virão pra cá, e vão fazer o que fizeram no Iraque quando determinaram uma faixa para os curdos onde iraquiano não entra, aqui vai ser a mesma coisa’.

A dona é bem informada não? O pior é que segundo a ONU o conceito de nação é um conceito de soberania e as áreas demarcadas têm o nome de nação indígena. O que pode levar os americanos a alegarem que estarão libertando os povos indígenas. Fiquei sabendo que os americanos já estão construindo uma grande base militar na Colômbia, bem próximo da fronteira com o Brasil numa parceria com o governo colombiano com o pseudo
objetivo de combater o narcotráfico. Por falar em narcotráfico, aqui é rota de distribuição, pois essa mãe chamada Brasil mantém suas fronteiras abertas e aqui tem estrada para as Guianas e Venezuela. Nenhuma bagagem de estrangeiro é fiscalizada, principalmente se for americano, europeu ou japonês, (isso pode causar um incidente diplomático). Dizem que tem muito colombiano traficante virando venezuelano, pois na Venezuela é muito fácil comprar a cidadania venezuelana por cerca de 200 dólares.

Pergunto inocentemente às pessoas:  porque os americanos querem tanto proteger os índios ?  A resposta é absolutamente a mesma, porque as terras indígenas além das riquezas animal e vegetal, da abundância de água, são extremamente ricas em ouro – encontram-se pepitas que chegam a ser pesadas em quilos), diamante, outras pedras preciosas, minério e nas reservas norte de Roraima e Amazonas, ricas em PETRÓLEO.

Parece que as pessoas contam essas coisas como que num grito de socorro a alguém que é do sul, como se eu pudesse dizer isso ao presidente ou a alguma autoridade do sul que vá fazer alguma coisa.

É, pessoal… saio daqui com a quase certeza de que em breve o Brasil irá diminuir de tamanho.

Será que podemos fazer alguma coisa???

Acho que sim.

Repasse esse e-mail para que um maior número de brasileiros fique sabendo desses absurdos.

Mara Silvia Alexandre Costa
Depto de Biologia Cel. Mol. Bioag.Patog. FMRP – USP

Gostaria que você que recebeu este e-mail, o repasse para o maior número possível de pessoas. Do meu ponto de vista seria interessante que o país inteiro ficasse sabendo desta situação através dos telejornais antes que isso venha a acontecer.

Afinal foi num momento de fraqueza dos Estados Unidos que os europeus lançaram o Euro, assim poderá se aproveitar esta situação de fraqueza norte-americana (perdas na guerra do Iraque) para revelar isto ao mundo a fim de antecipar a próxima guerra.

Conto com sua participação, no envio deste e-mail.

Celso Luiz Borges de Oliveira
Doutorando em Água e Solo

Minha opinião

Ainda não obtive a oportunidade de rodar o Brasil, mas quem já passou por esta região e tem algo a acrescentar sobre este e-mail que roda na internet por favor divulguem as informações.


É sempre bom ser legal com as pessoas, porque…..

08/04/2010

as coisas mudam ao longo do tempo!!!

“Nunca desvalorize ninguém…
Guarde cada pessoa perto do seu coração, porque um dia você pode acordar e perceber que perdeu um diamante enquanto estava muito ocupado colecionando pedras.”

“A felicidade não depende do que nos falta, mas do bom uso que fazemos do que temos.”

Thomas Handy