Moradores revoltados quebram tudo na Câmara Municipal de Nova Fátima – BA

Fonte:http://www.calilanoticias.com/v2/index.php?vez=texto.php&vez2=2906&vez3=67

Os moradores revoltados foram acompanhar a sessão e quebraram tudo, ao tomarem conhecimento de que não haveria a votação das casas populares na pauta do dia.

Na noite de terça-feira (17/11/2009) moradores interessados na moradia popular foram acompanhar a sessão ordinária e a mesma foi encerrada sem que fosse votado o projeto que beneficiaria cerca de 150 famílias com casas conseguidas através de um programa do governo federal.

Alguns moradores revoltados com a situação atacaram os vereadores com ovos, pedras e cadeiras contra o plenário onde os vereadores da da situação que eram a favor de votarem na pauta o projeto das casas populares já estavam do lado de fora da câmara e os vereadores de oposição, que, diga-se de passagem, são maioria na casa, incluindo o presidente conhecido por “Bazia”, tentaram se proteger no gabinete do presidente, foi neste momento que aconteceu o inesperado, o contador de energia do prédio onde funciona a câmara foi desligado, ficando ás escuras daí o quebra-quebra aumentou e tomou proporções assustadoras, muito gritos e ovos, cadeiras plásticas e pedras foram jogadas, vários quadros contendo as fotos dos atuais e antigos vereadores foram quebrados deixando muito vidro espalhados pelo chão, fotos dos atuais vereadores foram rasgadas e arremessadas contra eles.

O tumulto só foi controlado com a chegada do polícia local e devido ao grande número de manifestantes, o comando solicitou reforços em Riachão, Capela e Serrinha.

Após o controle da situação os vereadores Bazia, Pedro Admar e Fernandinho derem entrevista ao noticiário local repórter da Gazeta FM de Riachão do Jacuípe.

“Isto nada mais é a prova de que o povo foi instigado a estar aqui fazendo esta ação, eles foram às rádios convocar a população pra isso foi tudo arquitetado e planejado. Não tinha necessidade disso o projeto será votado na próxima sessão, pois nesta a prioridade era o orçamento e então votamos por ele e ai aconteceu tudo isso influenciado pelos pares da situação” disse o vereador Bazia.

“Estamos aqui lutando pelo direito do pobre ter sua casinha, nada mais justo, isto é manobra da oposição que por ser maioria na casa manda e desmanda, quer fazer como querem e não é assim” disse o vereador Pedro Admar a nossa equipe.

O vereador Fernandinho também da situação, tentava de todas as formas acalmarem a população junto com o líder do prefeito na casa o vereador Adriano, que por sinal é primo do presidente da casa o vereador Bazia, primos de 1° grau, mas oposição um ao outro.

Os vereadores de oposição do governo petista precisaram de escolta policial para chegar a casa.

Segundo o líder do governo, vereador Adriano, mais de duas mil pessoas protestou durante toda a noite de ontem em frente a Câmara por causa de um projeto que não iria à votação naquele dia.

Trata-se do projeto para construção de moradias populares que está sendo implantado pela prefeitura local. Com o atraso nas votações o município poderá perder o prazo para assinatura dos convênios.

Minha opinião

O povo esta correto em reivindicar, na matéria vocês puderam ler que o adiamento da votação tinha outros interesses envolvidos que é o estouro do prazo, e com prazo estourado os moradores perderiam suas moradias.

Se esta moda pegar aqui em São Paulo os nossos políticos vão ser fritados já que não cumprem suas propostas de governo.

6 respostas para Moradores revoltados quebram tudo na Câmara Municipal de Nova Fátima – BA

  1. Josevan Pereira disse:

    Quem Conhece o PREFEITO MANOEL SANTOS DE OLIVEIRA sabe que a intenção dele é das melhores possíveis e realmente os vereadores da oposição atrapalharam e tardaram muito a tal votação para a colocação do projeto para serem votados das Casas Populares por perseguição politica e vem tentando atrapalhar muito.Maso prefeito é um homem Incanssavel, ele conseguei muitas obras do gorverno Federal como: CRECHE MODELO, ESCOLA MODELO, 02 Ônibus Escolares para transporttar os alunos da Zona Ruara e sede do município, CONSTRUÇÃO DE UMA PRAÇA DE EVENTOS, 180 CASAS POPULARES, UMA ACADEMIA DA SAÚDE que está preste a ser construida, 650 BICICLETAS, construção de uma ponte do rio CAMIZÃOZINHO, Pavimentação de varias ruas na cidade e Uma grande Reforma do CENTRO DE SAÚDE FLORISVALDO JOSUEL ARAÚJO.

    Axo que o grupo adversário politico está muito preocupado, daí estão atrapalhando a administração complicando assim m
    esmo os a administração publica deixando o povo constrangidos.

  2. Manoel Marcelo Mascarenhas de Oliveira disse:

    Parabéns povo de Nova Fatima pela atitude de cidadania. Com certeza este desfecho não é o que a população queria, conheço de perto o jeito simples, bondoso e hospitaleiro daquele povo. Tudo o que aquele povo queria era ter o projeto aprovado, projeto este, que beneficiava com casas populares uma parcela da população sofrida formada por trabalhadores honestos daquele municipio. A estupidez de vereadores descomprometidos com os mais pobres é que levou o povo a tal fúria. No momento em que o povo percebeu que os seus direitos estavam sendo violentados por aqueles que foram eleitos para defendê-los só restou ao povo uma alternativa, responder a altura.
    Liberdade para o povo de Nova Fatima e que o exemplo sirva para outras camaras de vereadores que tratam o povo como gado. Estou orgulhoso do povo de Nova Fatima. Se eu estivesse lá faria o mesmo.

  3. José Antonio Pinto disse:

    Lembrete. É mentira com relação ao prazo. Não há prazo. Tudo pode ser feito até outubro de 2010. É ignorância de quem diz que haveria prazo. Antes é preciso ver a lesura do projeto. Não pode um prefeito entregar casa apenas a quem vota no seu partido. Os recursos é de todos independente da cor partidária do cidadão, do contribuinte.
    Reveja sua opinião.

    • anselmoxavier disse:

      Quanto aos prazos todos os projetos existem prazos referente a verba do ano vigente.
      E a entrega deve ser realizada através de um cadastro realizado antes da construção dos imóveis em sistema do governo para eliminar qualquer chance de fraude perante aos interessados.

  4. José Antonio Pinto disse:

    O que foi visto em Nova Fátima foi um ato terrorista, ante democrático. Não foi a população de Nova fátima, que é ordeira, foi um grupo ignorantes, que não sabem que a Câmara tem regimentos para votações e que foi incentivados por vereadores, secretários e outros agentes que entram na politica apenas para enriquecer e o povo, bom, os ignorantes servem de massa de manobra.
    As imagens diz por mil palavras. Ignorãncia, em lugar de diálogo.

    • anselmoxavier disse:

      José Antonio,
      Com as informações descritas pela reportagem local, mostra-se que os vereadores queriam empurrar com a barriga e marcar outra audiência.

      Se naquela data foi acordado a votação por que deixar para outro dia já que em diversas votações de interesses próprios (dos políticos) são realizadas de madrugada?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: