Leitor de livros eletrônicos Kindle já pode ser adquirido no Brasil

Fonte: Jacques WallerDo Jornal do Commercio

http://jc.uol.com.br/canal/cotidiano/tecnologia/noticia/2009/10/14/leitor-de-livros-eletronicos-kindle-ja-pode-ser-adquirido-no-brasil-202510.php

Brasileiros já podem comprar o leitor de livros eletrônicos da Amazon, o Kindle. A maior loja de comércio eletrônico da internet anunciou na última quinta-feira (08/10/2009) uma versão especial do seu equipamento para ser vendida a clientes fora dos Estados Unidos. Até agora, o Kindle só era vendido para consumidores norte-americanos e seu sistema de download de livros via rede 3G também era limitada àquele país. Agora, com o novo modelo, leitores de todo o mundo poderão ter acesso ao portfólio digital da loja.

O Kindle International custa US$ 279, mas vale lembrar que a compra está submetida ao imposto de importação de eletrônicos, já calculado pelo site, mais o frete. No fim das contas, o leitor eletrônico fica por cerca de US$ 585, aproximadamente R$ 1.003. Por enquanto, apenas títulos em inglês estão disponíveis, mas o jornal carioca O Globo já anunciou que disponibilizará versões eletrônicas de seu conteúdo para o Kindle.

“O leitor funcionará em dezenas de países. Sonhamos com um Kindle que tenha disponível cada livro impresso, em circulação ou esgotado”, afirma o fundador e presidente da Amazon, Jeff Bezos. O Kindle funcionará em cem países usando as redes de telefonia móvel 3G e GSM para baixar livros, revistas, jornais ou documentos pessoais. O equipamento possui memória interna de 2 Gb capaz de armazenar até 1,5 mil livros.

O maior diferencial do aparelho é sua tela de seis polegadas dotada de tecnologia de papel eletrônico E-Ink, que se assemelha muito à experiência de leitura em papel real. A Amazon planeja lançar no próximo ano uma versão internacional de seu Kindle DX, modelo lançado no mercado americano há cinco meses e que possui tela de 9,7” e memória de 4 Gb.

O Kindle é o produto que a Amazon mais vende, desde seu lançamento há dois anos. A empresa revelou também que, para cada cem livros de papel vendidos, 48 edições digitais são comercializadas em seu site. “Há um novo renascimento da leitura nesse sentido. Não há volta atrás”, assegurou Bezos.

CONCORRÊNCIA – Não deve ser coincidência, mas na última quinta a maior concorrente da Amazon no mercado de venda de livros, a Barnes & Noble anunciou que lançará até o fim do ano seu próprio leitor de livros eletrônicos, também dotado de tecnologia de papel eletrônico E-Ink. O leitor da B&N, como é conhecido, terá ainda tela sensível ao toque, teclado virtual e conexão sem fios com a internet. O aparelho rodará o sistema operacional em código aberto Android, desenvolvido pelo Google.

Dezembro deverá ser marcado, ainda, pelo anúncio do novo arrasa-quarteirão da Apple, seu misterioso Tablet. Rumores indicam que o aparelho deverá ser algo como um iPod Touch superdesenvolvido, com tela sensível a múltiplos toques, voltado para o consumo de mídia. Ainda não se sabe o tamanho exato da tela, nem se ele oferecerá o mesmo conforto de leitura do Kindle.

Já a Sony anunciou em agosto que adotará uma plataforma de desenvolvimento aberta para seu leitor, o Sony Reader. Atualmente, o Reader é o maior concorrente do Kindle. Ele também possui tecnologia de papel eletrônico E-Ink e é vendido nas versões de 5”, 6” e 7”.

Kindle 2 é lançado com novo design, bateria melhor, mais memória e função de leitura de texto

O novo modelo chega com um design repaginado. Mais fino, ele tem .036 polegadas de espessura – menos do que o iPhone – e pesa 283 gramas. Os botões foram remodelados para permitir mudar de página em qualquer posição de leitura. Essa mudança de página também foi melhorada e funciona 20% mais rápido do que no original. Assista ao vídeo abaixo para entender como ele funciona:

kindle-2-photosA tela continua do mesmo tamanho, mas agora tem mais definição: exibi 16 tons de cinza, versus 4 do anterior. Também mantén a tecnologia anterior de tinta eletrônica acionada por eletricidade. Isso significa que ele não mostra a imagem por meio de luz, o que não cansa a vista.

Tem sete vezes mais capacidade de armazenamento do que o orignal. Com 2 GB, guarda até 1500 livros na memória, ante 200 do original.

A bateria dura 25% mais, ou seja, permite ler por até cinco horas com a conexão wi-fi ligada ou por duas semanas com ela desligada.

O Kindle agora vem com um dicionário com 250 mil palavras instalado. As definições aparecem instantaneamente na parte de baixo da tela.

Uma grande novidade é a função Whispersync, que transforma o texto em palavras faladas, ou seja, lê o texto para o usuário. As páginas viram automaticamente quando essa função é acionada. Há a opção de ser uma voz masculina ou feminina, e a velocidade de leitura é ajustável.

Outra adição interessante é a capacidade de sincronizar seu conteúdo com o de outros Kindles e, futuramente, outros aparelhos móveis como celulares e smartphones.

O Kindle 2 chega com uma grande vantagem em relação ao anterior: há atualmente 230 mil livros digitais disponíveis para download, que dura 60 segundos em média, e 1200 blogs para serem lidos. Antes, eram 90 mil livros e 250 blogs.

Custa US$ 359. Já é possível fazer reservas aqui, mas o aparelho só começará a ser vendido no dia 24.

Minha opinião

O governo tem que criar incentivos para este novo produto diminuindo os impostos de exportação, principalmente para títulos voltados a Educação básica da Pré Escola ao Ensino Médio.

Apesar de muitos leitores preferirem os livros impressos, a tecnologia digital vem ganhando bastante espaço no século XXI.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: