Parabéns Professores, uma profissão divina

No próximo dia 15/10 será comemorado o dia de umas das profissões mais fundamentais para o crescimento de uma nação, a Educação.

Só que infelizmente nas políticas atuais, esta profissão ficou enfraquecida, para enganar a população. Os governos criaram o módulo de quem estiver com 80 % de freqüência, mesmo não tendo uma boa nota passa de ano, com isso eles passar a ter números que mostram a grande maioria das crianças matriculadas e alfabetizadas. Governantes acabaçar com o analfabetismo não é ter dar diplomas é dar ensino de qualidade, como vocês costumam dizer que o ensino esta na média. Se o ensino publico esta na média por que seu filho estuda em colégio particular?

Vamos acordar, eu quero ver futuros profissionais técnicos e não operacionais, quero ver estas crianças longe das drogas, e coisas erradas, quero ocupar a mente deles de projetos e desejo de vida, para isso precisamos passar atividades a eles.

Uma informação mentirosa, por que as crianças não estão aprendendo, tanto é que a procura por colégios particulares esta crescendo, já que nos colégios públicos não existe uma educação de qualidade, as estruturas dos prédios e as condições de trabalho são precárias.

A maior perda dos professores foi perder sua autoridade ou recurso com as notas das provas que fazia o cenário se inverterem. Aluno que estuda passa de ano, aluno que precisa aprender mais fará novamente o mesmo ano.

Hoje temos crianças que enfrentam seus professores com os dizeres “fique fria”, pois tenho freqüência e vou passar de ano ou então, já na adolescência as frases se mudam como “te pego lá fora” ou “se minha nota for baixa eu risco seu carro”,vejam o ponto que chegamos.

Agora eu lhe pergunto aonde esta à valorização desta profissão que é à base para educação e aprendizado de cidadão com a escrita, os números, geografia e por ai vai.

A falta de participação dos pais na educação dos seus filhos, esta influenciando demais, com a correria das cidades grandes isso tem dificultado, pois deixar o filho na escola e pegar no final de meio período é fácil, mas a educação descrita aqui precisa primeiramente a vir de casa, todos os pais devem acompanhar o rendimento de seus filhos no colégio. Eu me lembro que nos meus tempos de moleque, desrespeitar os mais velhos era motivo de castigo, os professores então era até vergonhoso porque se isso acontecia, bronca dos professores eram maior e tinha uma peso semelhante a dos pais. Porque hoje quando um professor chama a atenção de um aluno ele é retrucado?

Muita coisa precisa melhorar e acredito que a volta da repetição é uma delas, de que adianta os ministros da educação querer criar uma nova série para o ensino fundamental II ou médio se os alunos sabem que basta ir para a escola que terá seu diploma, temos que utilizar os exemplos das escolas privadas, que são os métodos que funcionam hoje, onde acredito que 20% consegue pagar um estudo bom para seu filho.

Minha idéia é ter o módulo que trabalha o raciocino das crianças e adolescentes, para passar conteúdo a eles e não forçar a FREQUENCIA nas escolas, trazer mais investimento na educação, com softwares educativos para complementar as aulas, qualificar ainda mais os profissionais do setor, melhores salários e benefícios para a continuidade de formação dos profissionais de educação no geral.

Os ambientes mais limpos e bonitos, como é nos colégios top de linha, quem não se sente feliz em ir para escola em colégios pintados, bonitos com ótimas estruturas, salas com no máximo 20 alunos, períodos integrais para aulas pré curriculares de dança, música, idiomas, artes e culturas.

Voltar a abrir todos os colégios nos finais de semana com o programa família na escola, quanto mais utilizado o espaço melhor será cuidado.

Aqui fica meus sinceros votos para vocês professores, parabéns pelo seu dia.

Você sabe como surgiu o Dia do Professor?

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.

ProfessorNo dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima – caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: